Escola que vendia diplomas falsos em MS, Paulistec, também é fechada em MG

05.03.2011

A escola Paulistec que foi fechada em Campo Grande pela policia na “Operação Formatura”, em junho de 2010, teve mais uma unidade fechada, desta vez em Belo Horizonte (MG), nesta sexta (5). Há indícios de vendas de diplomas no Rio de janeiro, Espírito Santo, Goiás e Bahia. Já em Mato Grosso do sul e São Paulo as investigações continuam em andamento.

 

Em MS, a Paulistec foi obrigada a ressarcir os alunos após decisão judicial e ações juntos ao Procon-MS. Agora também é alvo de investigações pela Policia Civil de Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo.

 

Segundo, o delegado responsável pelas investigações em Minas, Islande Batista a policia mineira trocará informações com as policias de Mato Gros do sul e São Paulo, onde já há inquéritos envolvendo a Paulistec.

 

Ainda segundo o delegado, caso seja comprovado o crime, Mauro de Napoli proprietário da Paulistec e morador de São Paulo, será indiciado pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, e falsificação de documentos, as penas somadas podem chegar a 16 anos de prisão. Em Belo Horizonte aproximadamente mil pessoas caíram no golpe do falso diploma. Cada certificado de conclusão do ensino médio custava R$ 790.

Fonte: www.midiamax.com

  • CURSOS
    CERTIFICADOS!
  • Nossos certificados são registrados internamente, associada a uma instituição educacional de ensino presencial, validamos a qualidade e a credibilidade de nossos cursos.
  • SAIBA COMO FUNCIONA

Pague com:

FALE CONOSCO

REDES SOCIAIS