MEC divulgará ranking do Enem 2010 na próxima semana

15.07.2011

O Ministério da Educação (MEC) deve divulgar o ranking das escolas que tiveram o melhor desempenho no Enem 2010 na próxima semana. Muitas escolas que estavam bem posicionadas não obtiveram o resultado desejado. Isso porque o número de inscritos aumentou e não foi possível selecionar os “melhores”. 

           O Exame Nacional do Ensino Médio era utilizado apenas para medir a qualidade do ensino no país. Desse modo, algumas escolas aceitavam inscrições apenas dos alunos que tiravam boas notas. 

           A partir de agora, o exame pode ser utilizado como forma de conseguir o certificado do ensino médio (Para estudantes acima de 18 anos), uma substituição ao Encceja (O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos). 

            Como pré-requisito para o FIES - programa governamental de financiamento estudantil.

            Para o  ProUni - programa Universidade Para Todos (que oferece bolsas de estudo para estudantes de baixa renda) e,

            Para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). Através do Sisu, Universidades Públicas de todo o país oferecem vagas para os cursos de graduação. Com o resultado do Enem em mãos, os alunos escolhem até duas opções de cursos. As vagas são preenchidas conforme a pontuação dos estudantes.

        Além de servir para o ingresso nas principais Universidades do país. A participação no exame, que era voluntária, passa agora a ser obrigatória. Como consequência, o resultado do ranking de 2010 pode sofrer muitas alterações.

        Ranking de 2009

        Para avaliar o desempenho dos alunos, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ligado ao Ministério da Educação calcula a média dos estudantes com base nas notas da prova objetiva e da redação. Na listagem de 2009, as cinco instituições que obtiveram os melhores resultados foram: Colégio Vértice de São Paulo, Instituto Dom Barreto de Teresina, Colégio de São Bento do Rio de Janeiro, Colégio Alphaville de Campinas e Colégio Alexander Fleming de Campo Grande. Todas as escolas são privadas. O valor da mensalidade do colégio vértice é de R$ 2.700,00. Para estudar no Dom Barreto, os alunos pagam uma mensalidade de R$ 580,00. No São bento, o valor das parcelas varia entre R$1.769,39 e R$1.996,45. No Colégio Alphaville a taxa é de R$ 1.020,00 e no Alexander Fleming as mensalidades variam entre R$ 500,00 e R$ 800,00. O resultado do ranking demonstra a desigualdade entre escolas públicas e particulares. Das 20 melhores escolas da lista, apenas duas são gratuitas. Ambas ligadas a Universidades Públicas. Ocupando a sétima colocação ficou o O Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa (UFV). E em 17º lugar, Colégio de Aplicação Fernando R. da Silveira, ligado à Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

       

        Utilização do Enem

        Os resultados do Enem podem ser utilizados para fins de certificação de conclusão de Ensino Médio. Para isso os inscritos devem obter, no mínimo, 400 pontos em cada prova (Ciências humanas e suas tecnologias, Ciências da Natureza e suas tecnologias, Linguagens, códigos e suas tecnologias e Matemática e suas tecnologias) e 500 na redação.

        O Programa Universidade Para Todos (ProUni) oferece bolsas de estudo integrais e parciais, para alunos de baixa renda.E utiliza a nota do Enem para selecionar os candidatos.

        O exame também é utilizado como pré-requisito para o FIES. O programa governamental de financiamento estudantil. Através do FIES, os alunos podem financiar um curso de graduação e arcar com o pagamento, apenas depois de formados.

        Além disso, o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) seleciona estudantes para o nível superior em Universidades Públicas, através da nota do Enem.

       

        Importância do Ranking

Para os que utilizam o ranking do Enem como critério para efetuar matrícula, é importante observar o número de inscritos no exame. Algumas escolas escolheram entre 12 e 15 alunos, o que garantiu o bom resultado. 

 

            

Fonte: Portal Universidade

  • CURSOS
    CERTIFICADOS!
  • Nossos certificados são registrados internamente, associada a uma instituição educacional de ensino presencial, validamos a qualidade e a credibilidade de nossos cursos.
  • SAIBA COMO FUNCIONA

VEJA MAIS CURSOS ONLINE

Pague com:

FALE CONOSCO

REDES SOCIAIS