segunda-feira, 26 julho, 2021
NOSSOS ARTIGOS ESPECIAIS

Diagnóstico de problemas cardiopulmonares e abdominais será agilizado com equipamento norte-americano

Equipamento
Diagnóstico de problemas cardiopulmonares e abdominais

Feevale é a primeira universidade do Brasil a testar o Kosmos, que está sendo utilizado, inicialmente, nas aulas de Medicina e consultas de pacientes do SUS

O curso de Medicina da Universidade Feevale é pioneiro, no Brasil, na utilização do Kosmos, uma plataforma médica portátil que está revolucionando e agilizando o diagnóstico de problemas cardiopulmonares e abdominais. O uso do equipamento acontece por meio de uma parceria entre a Instituição e a Echonous, fabricante norte-americana que é referência na fabricação de equipamentos médicos de alta performance com inteligência artificial.

COMPARTILHE ESTA INFORMAÇÃO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on pinterest
Share on whatsapp

O reitor da Feevale, Cleber Prodanov, enfatiza a importância das parcerias firmadas com empresas, sejam nacionais ou internacionais, principalmente com as que trabalham com tecnologias de ponta, para proporcionar a qualificação do ensino e dos serviços ofertados pela Universidade à comunidade. “É muito importante o uso intensivo de tecnologias em todas as atividades. O nosso foco é a inovação e estamos sempre atentos às novas metodologias e tecnologias para disponibilizarmos aos nossos alunos e futuros profissionais”, destaca. “Foram muitas tratativas para firmar o convênio que possibilitou trazer o Kronos para o Brasil, um equipamento inovador que será utilizado pelo curso de Medicina, visando oferecer aos alunos tecnologia atual e de alto desempenho”, reforça Paula Cundari, diretora de Relações Internacionais e Institucionais da Feevale.

Foi o cardiologista e professor do curso de Medicina, Leandro Roese, que descobriu o aparelho e a sua aplicabilidade junto a colegas de profissão americanos e ingleses. A partir disso, em parceria com a Diretoria de Relações Institucionais e Internacionais da Feevale intermediou as tratativas com a fabricante americana Echonous, que desenvolveu o Kosmos, que segundo o docente é uma grande inovação para a área médica. A tecnologia já foi testada em mais de 300 pessoas de quatro países diferentes e aprovada pelos órgãos reguladores dos Estados Unidos e da União Europeia.

O equipamento permite que eu, que sou cardiologista, mas não sou ecocardiografista, possa fazer uma ecografia para resolver um problema na hora. Ele nos fornece muitos dados importantes e nos possibilita instituir terapias aos pacientes cardiovasculares e pulmonares em benefício da qualidade de vida do paciente em questão”, explica.

Segundo Roese, é importante a testagem do equipamento na Universidade, pois, além de aproximar os acadêmicos da tecnologia, permite, em conjunto com as medidas sanitárias decorrentes da pandemia, o uso do Kosmos nas consultas de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) atendidos no Centro Integrado de Especialidades em Saúde da Feevale (Cies). “Auxilia o aluno para aprender a escutar o coração, verificar as alterações, como sopro e o que está acontecendo na válvula, assim como detectar problemas pulmonares recorrentes da Covid-19 e abdominais”, destaca. “Já nas consultas, possibilita o atendimento assistencial com maior resolutividade”, complementa. O professor ainda revela que serão realizadas pesquisas para verificar a importância do aparelho na aprendizagem acadêmica e na qualidade de vida dos pacientes.

O equipamento

O Kosmos é um tablet com um dispositivo de ultrassom, que também permite a realização de eletrocardiograma e de ausculta digital. Por meio desses mecanismos, o software analisa, com o auxílio da inteligência artificial, de forma rápida e simultânea, os dados dos três exames em um só, substituindo os exames tradicionais em uma única consulta médica.

Com o equipamento, é possível medir, em até quatro minutos, as funções cardíacas, problemas de válvulas, caracterizar a severidade do sopro cardíaco, condições clínicas relacionadas à insuficiência mitral, hipertrofia do ventrículo esquerdo, engrossamento das paredes e encontrar cardiomiopatia hipertensa, além de problemas pulmonares, como pneumonias a edemas pulmonares. Com isso, o dispositivo entrega resultados mais assertivos e aumenta a precisão sobre o diagnóstico e o tratamento recomendado a cada paciente.

Fonte: https://www.feevale.br/acontece/noticias/diagnostico-de-problemas-cardiopulmonares-e-abdominais-sera-agilizado-com-equipamento-norte-americano

COMPARTILHE ESTA INFORMAÇÃO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on pinterest
Share on whatsapp

NOSSOS ARTIGOS ESPECIAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Nossas Redes Sociais

ÚLTIMOS ARTIGOS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS