Com investimentos na pós-graduação, pesquisadores da UEMS são citados em ranking internacional

Com investimentos na pós-graduação, pesquisadores da UEMS são citados em ranking internacional
UEMS são citados em ranking internacional

 

Com investimentos na pós-graduação do Governo do Estado e órgãos de fomento, a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) teve 32 nomes de pesquisadores citados no ranking AD Scientific Index 2021, dentre estes, quatro professores da UEMS ficaram entre as 10 mil mais citados da América Latina.

Para o ranking foi utilizado como parâmetro o fator h dos últimos 5 anos, com base no Google Scholar. A UEMS ficou na posição 197º, numa lista com 453 Universidades da América Latina.

→ LEIA TAMBÉM:

 

Confira a lista dos pesquisadores da UEMS que estão no ranking: https://www.adscientificindex.com/?university=Universidade+Estadual+de+Mato+Grosso+do+Sul

A Pró-reitora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da UEMS, Luciana Ferreira da Silva, ressalta que o ranking da América Latina só demonstra a excelência dos pesquisadores e a excelência do que é produzido em termos de pesquisa na UEMS.

“É nesse contexto que a cada dia temos investido mais recursos para pesquisa e estamos na eminência de lançar R$1 milhão em um edital de pesquisa para que essas áreas de conhecimento sejam cada vez mais fortalecidas. Eu só tenho a dizer o orgulho que eu tenho desses pesquisadores, porque isso é um reflexo de uma dedicação dioturna na pesquisa apesar da dificuldade que a ciência brasileira vem enfrentando e dos cortes de recursos em nível federal, mesmo assim enquanto Governo do Estado temos ainda conseguido manter os aportes para continuidade do que agora se mostra excelência entre os melhores pesquisadores da América Latina”, enfatiza.

O reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho, evidencia a importância dos investimentos na pós-graduação da UEMS com apoio a publicações e bolsas. “Anualmente a UEMS e o Governo do Estado fomentam no apoio a publicação o valor de R$60 mil para publicação de artigos científicos e R$50 mil por ano para publicação de livros, além de apoio a bolsas de pós-graduação por meio do Programa Institucional de Bolsas aos alunos de Pós-Graduação (PIBAP), da própria UEMS, que investe mensalmente mais de R$122 mil, no primeiro semestre de 2021 foram pagas 1029 bolsas (mestrado e doutorado) no valor total de R$ 859.950,00”, diz o reitor.

Dentre os 32 pesquisadores citados no ranking geral, dez são do Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais (PGRN), mestrado e doutorado, e entre os quatro pesquisadores entre os 10 mil mais citados da América Latina, três também são do PGRN.

O coordenador do PGRN, Prof. Luis Humberto da Cunha Andrade, destaca que levando em consideração que a metodologia usada pela Alper-Doger (AD) Scientific Index avalia o número de vezes que os trabalhos publicados pelos pesquisadores são citados por outros estudos, isto demonstra que a ciência produzida no PGRN é de qualidade, relevante e contribui com a ciência global. “Um ponto importante que chama a atenção no levantamento é que os pesquisadores do PGRN tiveram seus indicadores individuais aumentados consideravelmente nos últimos 5 anos, correspondendo ao tempo em que as primeiras teses foram defendidas no Programa. Ou seja, este sucesso encontra correlação com a inegável e forte contribuição da pós-graduação para a ciência”, aponta.

O docente explica que o levantamento para o ranking é feito a partir dos pesquisadores que possuem perfil público e e-mail institucional cadastrados na base do Google Acadêmico, por isso outros pesquisadores da Universidade não aparecem na lista.

Investimentos

Neste ano, o Governo do Estado firmou parceria estratégica com o Ministério da Educação, por meio da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e viabilizou investimento de R$ 7,4 milhões em bolsas de pesquisa científica para 59 cursos de pós-graduação de 5 universidades de Mato Grosso do Sul: UFMS, UEMS, UFGD, UCDB e Uniderp.

Em 2020, a UEMS captou por meio de projetos de pesquisa R$ 15.179.146,20 em recursos externos. De 300 projetos, 44 receberam financiamento do governo estadual, órgãos de fomento ou empresas.

Fonte do Monitor de Notícias Acadêmicas: https://www.portaluniversidade.com.br/noticias/com-investimentos-na-pos-graduacao-pesquisadores-da-uems-sao-citados-em-ranking-internacional/

Fonte: http://www.ms.gov.br/com-investimentos-na-pos-graduacao-pesquisadores-da-uems-sao-citados-em-ranking-internacional/