Após trote, MPF/DF recebe representação contra UnB

19.03.2012

Foi feita nesta segunda-feira (19/3) a primeira denúncia formal sobre os abusos nos trotes na Universidade de Brasília (UnB).

O coordenador da Confederação Nacional de Pais e Alunos (Confenapa) e presidente da Associação de Pais e Alunos das Instituições de Ensino do DF (Aspa-DF), Luis Claudio Megiorin, esteve na tarde desta segunda-feira (19/3) no Ministério Público Federal no DF e entrou com uma representação contra a UnB, para que sejam apurados os casos de bullying e violência durante os trotes da Universidade. "Esses crimes precisam ser apurados. Não podemos admitir que nossos filhos sofram esse tipo de abuso dentro da Universidade", declarou Luis Megiorin.

O Conselho Universitário (Consuni) irá votar nesta sexta-feira (23/3), as regras de convivência da UnB. Essas regras estabelecerão pela primeira vez as diretrizes dentro da Universidade. Uma das propostas estabelece que qualquer trote que submeta o calouro ou qualquer membro da comunidade acadêmica a ações de tortura, a tratamento ou castigo cruel deve ser proibido.

Fonte: correioweb - Redação: Kelvin

  • CURSOS
    CERTIFICADOS!
  • Nossos certificados são registrados internamente, associada a uma instituição educacional de ensino presencial, validamos a qualidade e a credibilidade de nossos cursos.
  • SAIBA COMO FUNCIONA

VEJA MAIS CURSOS ONLINE

Pague com:

FALE CONOSCO

REDES SOCIAIS