Enem 2012 - Mec pode mudar a organização das provas

Enem 2012 - Mec pode mudar a organização das provas

26.10.2011

 O Enem 2012 pode ter mudanças, o Ministério da Educação (MEC) já procura meios de fazer essas alterações. A intensão é tentar de alguma forma fazer com que o Exame Nacional do Ensino Médio Enem se torne menos cansativo, no entanto, preservando o conteúdo previsto na diretriz curricular do Ensino Médio.

Reclamações comuns são quanto ao tempo gasto e sobre a quantidade de questões. São 180 questões divididas em 2 dias. Ou seja, cada prova contendo 90 questões a serem feitas em 5 horas.

Uma alternativa estudada pelo MEC é mudar a organização da prova, com questões de matemática e redação em dias diferentes.   Muitos candidatos reclamam da falta de tempo para realização da prova. Já que no segundo dia de avaliações os estudantes devem responder questões de linguagens, matemática e redação e apresentam muitas outras necessidades.

Além disso, o INEP poderá ampliar o espaço no caderno de provas para contas e anotações.

Mesmo assim, o Enem continuará tendo as 180 questões distribuídas em quatro áreas de conhecimento (ciências humanas, ciências da natureza, matemática e linguagens e códigos).

O INEP divulgou recentemente que o Enem 2012 terá duas edições. A primeira será nos dias 28 e 29 de abril de 2012.  A 2° edição do Enem 2012 não tem data marcada ainda, principalmente por conta das eleições que ocorrerão em 2012, mas tudo indica que vá ocorrer próximo as datas em que ocorreu nos últimos anos.

 Além disso, o Inep considerou positiva toda a organização do Enem, realizado neste sábado (22) e domingo (23). Espera-se que a partir de 2012 o Enem o numero de abstenção caia gradativamente. 

Este ano, o Enem registrou uma média de abstenção de 26,4%, ou seja, mais de 1,4 milhões de candidatos inscritos que não apareceram. Com um custo de R$ 45 por candidato, a abstenção representa um investimento de R$ 63 milhões desperdiçados. Ao todo, o Enem teve 5,3 milhões de candidatos inscritos.

 O MEC tem a intenção de tornar o Enem obrigatório para todos os alunos que estão terminando o ensino médio. O projeto está sendo analisado pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. O Inep pode ainda colocar no edital do próximo Enem regras mais claras sobre a alimentação e hidratação dos candidatos durante a prova.

Outra alteração estudada é a que questões do Enem 2012 sejam formuladas por Universidades. Cerca de 59 instituições de ensino superior já se cadastraram no Banco Nacional de Itens (BNI) do Inep  para enviar questões ao Enem 2012. O objetivo é que com isso o número de questões disponíveis no banco aumente e que, além disso, aumente também a abrangência do conhecimento.

O número mínimo de questões enviadas por Instituição deve ser 100 questões de uma mesma área do conhecimento que são: ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias.

 

Confira as notas de corte do Enem 2011

Fonte: Da redação, com Universia Brasil

  • CURSOS
    CERTIFICADOS!
  • Nossos certificados são registrados internamente, associada a uma instituição educacional de ensino presencial, validamos a qualidade e a credibilidade de nossos cursos.
  • SAIBA COMO FUNCIONA

VEJA MAIS CURSOS ONLINE

Pague com:

FALE CONOSCO

REDES SOCIAIS